fachada O Criança em Foco oferece propostas que têm como finalidade colocar o saudável desenvolvimento da criança no centro da atenção da família e dos profissionais que auxiliam na dinâmica da casa e da escola. Busca despertar a capacidade de observação de cada um, fortalecer os vínculos afetivos em torno das crianças em tenra idade e fornecer aos seus cuidadores as informações a respeito dos mecanismos da infância, suas necessidades e urgências, a fim de propiciar um espaço próprio para o desabrochar de potencialidades. Visa ainda ampliar a comunicação entre todos os adultos envolvidos na formação e nos cuidados diários, incentivando a unidade de linguagem com a criança.

A metodologia 1,2,3 e Já propõe um projeto de Educação para o Cuidado, proporcionando o contato gradativo com outras crianças, por fases do desenvolvimento, entre figuras de apego confiáveis, seguras e que recebem suporte e formação profissional permanentes.
Nosso projeto pedagógico é sócio-interacionista, atrelado às àreas da Teoria do Apego, da Mediação de Aprendizagem, da Neurociência e da Clínica de Psicanálise com crianças.
01 02
Nosso Espaço de Desenvolvimento permite aos pais um estreitamento de vínculos afetivos e maior conhecimento das fases de desenvolvimento de seus bebês e crianças pequenas através da observação e vivências compartilhadas. Leia Mais...
05 06 Os “quatro pilares da educação”, expressão nascida do relatório da Unesco sobre a educação do futuro, publicado em 1999, sob a direção de Jacques Delors, trazem as dimensões inseparáveis da educação em sua perspectiva integral: aprender a aprender, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a conviver. Leia Mais...
03 04 Ao longo de muitos anos de acompanhamento de pais de bebês e crianças bem pequenas, com frequência recebemos uma demanda grande dos pais sobre outras alternativas de cuidado e educação, tão cuidadosa como a que vimos oferecendo em nosso Espaço de Desenvolvimento e em nosso criterioso Curso de Formação de Babás. Leia Mais...
07 08
Atendimento clínico especializado em Depressão Pós-parto, Distúrbios de sono e alimentares, Distúrbios comportamentais, Transtornos do desenvolvimento infantil, Dificuldades na adaptação escolar e habilidades sociais. Leia Mais...

Em busca dos bons tratos

Publicado no boletim do UOL de 5/4/2000: mereceu o “destaque da semana” no site Guia do Bebê

Em tempos de denúncias de maus-tratos às crianças por profissionais que teriam como função zelar pelo seu bem estar e pelo bom desenvolvimento físico e emocional, surge a necessidade de se levantar a questão da capacitação e do treinamento de babás.

É preciso transmitir a estas profissionais, de forma clara e objetiva, a importância de que elas saibam quais sejam as características necessárias para o trato com crianças, e que possam dar-se conta de seu real prazer em realizar este trabalho, para que não o façam apenas como mais uma forma de ganhar a vida.

O papel da babá precisa ser complementar ao papel dos pais na formação da criança de um modo geral, na transmissão de exemplos, de valores, nos cuidados diários e principalmente, na responsabilidade.

Durante o treinamento, a babá têm a oportunidade de perceber que poderá ter a seu dispor as ferramentas necessárias para exercer sua atividade de forma global: informações corretas, consciência profissional e afetividade (que inclui também os limites), destacando-se desta forma dentro de um grupo, que, como tantos outros, possui bons e maus profissionais.

Ao receber uma selecionada gama de informações sobre os mecanismos da infância, suas necessidades e urgências, a babá aprenderá não somente a ter iniciativa diante de situações de emergência, como também a evitá-las, protegendo a criança pela qual é responsável.

É preciso destacar, ainda, a necessidade de transmitir a elas os limites de sua atuação, de forma a não invadir a relação da criança com seus pais, assim como respeitar e seguir as orientações do pediatra.

A proposta do Curso de Capacitação e Treinamento de Babás é, portanto, mostrar a estas profissionais que sua profissão pode e deve ser muito reconhecida por sua importância, e que para isto elas precisam demonstrar empenho em ampliar cada vez mais seus conhecimentos, ter ética em sua vida e em seu trabalho e respeito às crianças e às pessoas de um modo geral.

Login